Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ups, I have a home to care

Ups, I have a home to care

12
Fev19

Isto não é amor


Ups! I have a home to care

Porque o dia de S. Valentim se aproxima, porque para muitas mulheres e homens também o amor não são rosas, o amor não é algo bonito, é sim o oposto, é obscuro, aprisionador, dor, choro, revolta. Lembrem-se que isso não é amor. 

 

Lembras-te a primeira vez que o viste? Simpático, educado, atencioso... fazia-te sentir borboletas na barriga, os lábios ficavam dormentes sempre que o beijavas, as pernas bambas quando te abraçava.Vivias o sonho, a calmaria e o romance.

 

Fonte Imagem: https://www.noticiasaominuto.com/pais/311327/hoje-e-dia-de-marchar-basta-de-violencia-contra-as-mulheres

 

Até que um dia te levanta a voz e tu deixas, porque não lhe mandaste uma mensagem a dizer onde estavas, com quem estavas e do que falavam. Pensas que o faz porque se preocupa contigo e consentes.

Outro dia não te deixa sair à rua de saia, porque trabalhas num grupo maioritariamente masculino e de certo algum piropo te vão lançar e isso não é correto. És dele, não és de mais ninguém. Ninguém deve saber o quão bonita és. Pensas que o faz porque se preocupa contigo e consentes.

Maquilhagem? Porque precisas disso? Andas a querer enfeitar-te para alguém? Uma vez mais consentes, e embora quisesses muito colocar aquele batom vermelho não o fazes porque ele se preocupa muito contigo e acha que é melhor não o usares, não vá alguém notar que tens um lindo sorriso.

Até que um dia as amigas te chamam para um lanche, um jantar quem sabe, assim uma coisa só de miúdas. Tu queres tanto ir, precisas respirar, precisas sentir-te livre, mas tens medo de lhe dizer e tens medo que ele se preocupe contigo não é? Por outro lado tens medo de contar às tuas amigas o porquê de estares reticente e ponderares não ir. Ganhas coragem e avisas aquele que te fazia palpitar o coração, aquele que se preocupa contigo, dizes que só vão as tuas amigas mulheres e ele desconfia, levanta-te a voz e levanta-te a tua mão.

É isto o amor? Não! Ele não se preocupa contigo, nunca o fez!

Ele tem-te como uma coisa, que é dele e não pode ser partilhada. Tal como tem o telemóvel e não empresta a ninguém. 

Não permitas nunca que ele mande em ti. Nunca! Isto não é amor. É sentimento de posse, é doentio, é uma prisão. 

Liberta-te dessa relação que te sufoca. 

 

Valoriza-te. Tu és bonita, inteligente, usa batom sempre que quiseres, sai à rua de saia sempre que te apetecer. Dança na chuva, sai com as amigas, com os amigos também. Tem cabeça e respeita-te a ti própria acima de tudo. Isso é amor, o amor próprio. E tem amor próprio acima de tudo.

Ama-te! 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Sigam-me

Ganhar uns trocos com Inquéritos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub