Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ups, I have a home to care

Uma semana que valeu por um mês

Finalmente fim de semana! Finalmente a pestinha em casa para me fazer companhia.

Esta semana foi difícil de passar, se foi... não há nenhum motivo específico, não há ninguém que possa culpar, não há nada... há uma mãe com os nervos em franja... há uma esposa sem paciência... há uma mulher com os sentimentos à flor da pele. Esta semana todos me incomodavam, eu incomodava-me a mim própria.

Não tive a paciência de outros dias, outras semanas, para as brincadeiras com a minha filha, não tive a palavra de conforto para dar ao marido nos problemas dele. Desabei.

Não posso ser sempre o pilar de todos e demonstrar sempre que sou forte. Não sou!

Não consegui recebê-los todos os dias de sorriso no rosto como se estivesse bem. Não estou!

E isso frusta-me. Ai se não.

Começo a saturar de estar em casa (estou desempregada à 2 anos e meio, ainda não disse). Sinto-me uma peça da mobília. Uma peça inútil, ancorada nos outros, dependente do marido. Odeio!

Felizmente a semana está a terminar. Amanhã é sábado e teremos vida cá em casa, uma princesa pirata a saltitar por todo o lado, a impingir-me que veja com ela a Violetta (mãe faz sacrifícios), a deixar barafunda por todo o lado, a encher-me de beijos e de "adoro-te mãe" que me enchem o coração.

Bom fim de semana a todos

 

 

P.S.: O Alvin já apareceu :D