Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ups, I have a home to care

O desaparecimento do Alvin

O Alvin desapareceu!! Sabem o que isto significa? Vem aí uma noite de inferno, uma noite de choradeira, uma noite sem dormir.

O Alvin (de Alvin e os esquilos) é um minúsculo peluche, mais pequeno que um telemóvel, que ela não o larga NUNCA!! Mas é que nunca mesmo. Ela dorme com o Alvin... ela come com o Alvin... ela vai para a escola com o Alvin... ela tudo com o Alvin... Quantas vezes já não lhe explicamos que se ela gosta tanto assim de aquele boneco o melhor é não o levar para a rua, deixá-lo sempre quietinho sob a cama dela, e assim sabe sempre onde ele está. Já o perdeu umas quantas vezes, a sorte é que foi sempre dentro de casa (às vezes a casa parece que tem buracos) ou em casa de amigos e devolvem-lhe o boneco. Mas e se um dia ela o perder na rua?

Hoje, como todos os dias, andou com o Alvin por toda a casa, trouxe-o para a mesa para jantar, terminou os trabalhos de casa com o Alvin, lavou os dentes com o Alvin, deu umas corridas com o Alvin, vestiu o pijama com o Alvin e deitou-se com... onde está o Alvin?? Mãeeee o Alvin desapareceu, e lá vêm as lágrimas. Mãe que é mão trata logo de virar a casa à procura do minúsculo boneco (onde andas desgraçado?). Empurra-se a cama para ver se não caiu o boneco para ali e... f*$#%& entalo o dedo que esfola um pouco e deita sangue. Se ela já lacrimejava a esta altura desata num choro terrível.

Adormeceu a soluçar porque o Alvin não apareceu, com a promessa de que o vou procurar novamente amanhã.

Isto não se faz Sr. Alvin, não mesmo. Não se brinca assim com os sentimentos de uma criança. Deves ter vida própria, é que só pode, mas isso não te dá o direito. Não dá!

Se alguém o vir por aí, por favor avise-o de que está uma criança a chorar de saudades.

 

tuxpi.com.1429135579.jpg