Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ups, I have a home to care

Hoje foi dia de...

Hoje foi dia de avaliação, ou melhor, o temível dia em que pais e encarregados de educação vão conhecer a avaliação do período escolar.

Para mim não tão temível assim, para ela menos ainda.

Por mim sabia ao que ia, sabia mais ou menos o que ia ouvir e o que teria de dizer.

Para mim pouco do que hoje ouvi é uma novidade porque faço questão de acompanhar de perto a vida escolar dela, faço questão de "volta e meia" ir falar com a professora para saber como se comporta nas aulas, como está a ser o seu desempenho...

Se o início do ano foi complicado, hoje já não o é mais. Era complicado não porque ela não gostasse da escola, não porque ela até nem fosse atinada para isso, ela queria aprender, se queria... queria tanto que o medo de errar era assustador. E foi terrível... assustou-me imenso ver o estado em que ela estava a ficar. É só o 1º ano, o primeiro de muitos na sua vida escolar, assim espero, mas o nervosismo, a preocupação, o stress dela era como se estivesse em vésperas de um exame nacional no 12º ano. E não, não era alimentado por nós, pelo contrário, tentávamos incentivá-la de todas as formas possíveis, tentamos tantas e tantas vezes mostrar que ela era capaz disto e muito mais e conseguimos. Conseguimos!

A professora disse o que eu já sabia, a cada dia ela melhora mais e mais, o problema estava na auto estima e falta apenas melhorar concentração. Um passinho de cada vez e as coisas compuseram-se. Ela percebeu que a responsabilidade é outra mas não é caso de desespero porque Ela é capaz! E esta foi a frase que mais se repetiu cá por casa nos últimos meses, e eis os frutos. Uma aluna a melhorar de dia para dia, com notas muito boas nas fichas de avaliação, que gosta de se envolver nos projetos.

Que orgulho nela, porque eu sempre soube, ela é capaz!

SAM_1473.JPG