Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ups, I have a home to care

Hoje é dia de reis... ou dia de adeus ao natal... ou....

...também podemos dizer que hoje é o dia da arrumação da tralha toda do Natal. Confesso que não gosto, acho triste, acho que estou a "roubar" brilho e cor à casa, estou a "roubar" o brilho dos olhos da minha filha a olhar deliciada para as luzes da árvore de Natal.Sinto que a cada ano que arrumo a árvore de Natal, é um bocadinho da magia infantil do Natal que se acaba na minha filha, porque no ano que vem ela será maior, porque sabemos que as crianças vão perdendo a sua inocência infantil, e isso assusta-me. Por mais que nos esforcemos para manter viva essa fantasia, é invetivável, é a lei da vida. 

Recordo que até à dois anos atrás, era sempre o Pai Natal que vinha entregar as prendas. No ano passado ela já não acreditava no Pai Natal mas quis juntar-se ao pai, ambos vestidos a rigor, para distribuirem as prendas. Este ano já não houve nada disso. Mas foi o único ano assim, garanto. No próximo Natal nem que tenha que ser eu a vestir-me a rigor, mas o Pai Natal vai voltar cá a casa, não podemos deixar morrer o espírito de Natal.

Até lá, resta-me guardar as luzes nas suas caizinhas, arrumar as bolas brilhantes, o presépio, e tudo o que está pela casa que nos fazia sonhar com o Natal.

 

Como podem perceber, o adeus ao Natal é difícil cá em casa. E convosco? Também são assim, ou são do tipo toca a despachar que isto não está a fazer nada aqui?